Suspeito de tentar matar jovem durante show da dupla Henrique e Juliano, soldado da PM vira réu

Tentativa de homicídio ocorreu no dia 05 de junho, no estacionamento do Serra Dourada. Defesa tem 10 dias para oferecer resposta à acusação

Pedro Hara -
Francis Junio Ribeiro, de 27 anos. (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Suspeito de disparar contra Francis Junio Ribeiro, no dia 05 de junho, durante o show da dupla Henrique e Juliano, no Serra Dourada, o soldado da Polícia Militar (PM), Pedro Henrique Cândido Negreiro, se tornou réu.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira (20), pelo juiz Jesseir Coelho de Alcântara, da 3ª Vara dos Crimes Dolosos Contra a Vida e Tribunal do Juri.

Esta é a segunda denúncia oferecida contra Pedro Henrique. Ele já havia sido denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MPGO), no dia 1º de julho.

Agora, o suspeito tem 10 dias para oferecer a resposta à acusação, de maneira escrita, por meio do advogado de defesa.

Relembre

Pedro Henrique atirou contra Francis Junio Ribeiro no dia 05 de junho, durante o show da dupla Henrique e Juliano, no estacionamento do Serra Dourada.

Após os disparos, a vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO). Em depoimento a Polícia Civil (PC), a vítima disse que se lembrava dos disparos que teriam sido realizados após esbarrões.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade