Gigante, cobra que come galinha é encontrada em distrito de Anápolis

Após o resgate, ela foi encaminhada ao Centro de Triagem de Animais Silvestres

Aglys Nadielle -
(Foto: Divulgação/ Secretária Municipal do Meio Ambiente)

Uma jiboia com aproximadamente dois metros foi resgatada nesta segunda-feira (25), em uma chácara de Branápolis, distrito de Anápolis. A moradora solicitou a ajuda após o animal comer mais de 80 galinhas na propriedade.

A ação foi feita pela manhã quando a senhora, dona do local, entrou em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA). Ela afirmou que o animal está na propriedade há 05 anos e gerava muitos prejuízos.

Elisangêla Borovoski é coordenadora de fauna da pasta e explicou que o réptil havia perdido as presas naturais, por isso estava comendo as galinhas. Com quase 70 quilos, ela entrava todos os dias em um buraco e saía apenas para se alimentar.

“O interessante é que foi feita essa solicitação, ninguém pensou em matar esse animal… Eles são importantes como controladores biológicos”, ressaltou.

A dona da chácara já havia tentado contato com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA) e outros órgãos competentes, mas não conseguiu que resgate fosse feito.

De acordo com a coordenadora de fauna, isso ocorreu porque não é comum que animais sejam resgatados em zona rural. Neste caso especifico, a cobra estava afetando a criação da proprietária, então a ação foi realizada.

“A gente sabe que infelizmente esses conflitos com proprietários rurais e animais silvestres existem e por mais que a gente trabalhe com educação ambiental, falar que tem que tentar viver harmonicamente, mas o final deles é a morte, então pra evitar a gente foi ao local”, relatou.

A coordenadora afirma ainda que jiboia não é natural do estado de Goiás e será encaminhada a um Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) da Amazônia, onde é o habitat dela.

Como solicitar

Para pedir que um animal seja resgatado em Anápolis ou na zona rural do município, basta entrar em contato com a Secretaria de Meio Ambiente através do número 62 3902-3069 ou 62 9 9997-9481.

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade