Ainda sem vice, Vitor Hugo é lançado como candidato ao Governo de Goiás pelo PL

Evento que oficializou candidaturas do deputado e de Wilder Morais teve presença do presidente Jair Bolsonaro

Rafael Tomazeti -
Convenção teve presença do presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Divulgação/PL)

O PL oficializou nesta sexta-feira (29), em Goiânia, as candidaturas de Vitor Hugo, ao Governo de Goiás, e Wilder Morais ao Senado Federal. A convenção, no Clube Jaó, teve a presença do presidente Jair Bolsonaro.

A lacuna na chapa ainda é a posição de vice. O deputado gostaria de ter anunciado Izaura Cardoso, esposa do senador Vanderlan Cardoso (PSD), mas ela decidiu não participar do pleito.

A convenção foi marcada por discursos em defesa da família e também das armas. “A família é a base de tudo”, disse Vitor Hugo, que também fez vários elogios a Bolsonaro.

“Temos um grande desafio para defender as pautas do presidente em Goiás: de Deus, pátria, família e liberdade. Nós temos um grupo de mais de 50 profissionais de diversas áreas, temos médicos, engenheiros, administradores, professores, uma das nossas prioridades é a geração de emprego e o desenvolvimento econômico no estado de Goiás”, asseverou.

O presidente, por sua vez, foi anunciado pelo cerimonial do evento como alguém que foi traído em Goiás, uma vez que houve afastamento entre ele e o governador Ronaldo Caiado (UB).

Bolsonaro destacou a proximidade entre ele e Vitor Hugo durante o discurso. “Caso sejamos eleito e reeleito, a afinidade entre nós será constante para o melhor do estado e do Brasil”, frisou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade