PC prende homens que mataram covardemente morador de rua, em Goiânia

Um deles chegou a romper a tornozeleira eletrônica com o intuito de dificultar a investigação

Karina Ribeiro -
Presos homens que mataram morador de rua, em Goiânia. (Foto: Reprodução/PCGO)

Dhonatas Alves dos Santos e Wesley Lucas Rodrigues da Silva foram presos suspeito de matar covardemente a facadas Nayhan Leite Oliveira, no Setor Campinas, em Goiânia.

O crime ocorreu no dia 31 de maio e também contou com a participação de Patrique da Conceição Santos, que morreu em confronto com o Batalhão de ROTAM após compartilhamento de informações com a Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH).

De acordo com a Polícia Civil (PC) de Goiás, os homens foram identificados logo após o crime, mas fugiram da capital a fim de dificultar as investigações. Tanto que Dhonatas foi preso em Campinaçu, localizada cerca de 460 km de Goiânia enquanto que Wesley foi capturado na cidade de Planaltina de Goiás, distante 260 km de Goiânia.

Wesley chegou a romper a tornozeleira eletrônica que utilizava em razão de responder a processo por tráfico de drogas visando não ser localizado. Imagens de câmeras de segurança coletadas pelos investigadores mostram a vítima sendo atacada por três homens. Embora sem alta resolução, os registros auxiliaram na elucidação do delito.

As investigações demonstraram que desavenças ligadas ao consumo e a venda de drogas no local foi a motivação para o delito. Os suspeitos possuem ficha criminal pelos crimes de furto, receptação, roubo, tráfico de drogas, tentativa de homicídio e homicídio, e agora seguem à disposição da Justiça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade