Brasil faz bonito e mete 4 a 1 contra a Coreia do Sul, se classificando para as quartas de final

Gols foram feitos por Vinicius Junior, Neymar, Richarlison e Paquetá. Próxima partida será na sexta-feira (09), às 12h, contra a Croácia

Folhapress Folhapress -
Brasil construiu a vitória no primeiro tempo. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

GABRIEL CARNEIRO, IGOR SIQUEIRA, LUCAS MUSETTI PERAZOLLI, EDER TRASKINI, DANILO LAVIERI E PEDRO LOPES DOHA, QATAR (UOL – FOLHAPRESS) – Cerca de três horas antes da publicação deste relato, o ônibus da seleção brasileira chegava ao estádio 974, nesta segunda-feira (5), para o duelo das oitavas de final da Copa do Mundo contra Coreia do Sul que terminaria em 4 a 1 para o time de Tite.

De dentro do veículo, em alto e bom som, os jogadores entoavam de músicas de torcida aos pagodes preferidos do grupo. Depois de um susto na derrota para Camarões, o ônibus ressoava que “quem cultiva a semente do amor, segue em frente e não se apavora”. E foi esperando sua hora de brilhar e encantar o povo brasileiro que a seleção entrou em campo.

“Às vezes, a felicidade demora a chegar”, ouvia-se no ônibus, mas contra a Coreia não foi uma dessas vezes. O Brasil abriu o placar cedo com Vini Jr e logo depois viu Neymar ampliar de pênalti. Aos 12 minutos da primeira etapa, o Brasil já tinha “mandado essa tristeza embora”.

“Guerreiro” que “não foge da luta”, Richarlison marcou o terceiro da seleção, e Paquetá, ainda no primeiro tempo, fez o quarto para mostrar que era mesmo “dia de sol” e que o tempo não iria fechar.

O segundo tempo foi mero coadjuvante do show da primeira etapa. Ainda que a Coreia tenha diminuído o placar, “ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer”.

Com a vitória, o Brasil está nas quartas de final e terá pela frente a Croácia nesta sexta-feira (9), às 12h, no estádio Cidade da Educação. Se depois da derrota na fase de grupos a seleção “acreditou que um novo dia iria raiar”, agora o povo brasileiro aguarda “a sua hora chegar”

*
BRASIL
Alisson (Weverton); Militão (Daniel Alves), Marquinhos, Thiago Silva e Danilo (Bremer); Casemiro e Lucas Paquetá; Raphinha, Neymar (Rodrygo) e Vinícius Júnior (Gabriel Martinelli); Richarlison. T.: Tite.

COREIA DO SUL

Kim Seunggyu; Kim Moonhwan, Kim Minjae, Kim Younggwon e Kim Jinsu (Hong Chul); Hwang Inbeom (Paik Seungho), Jung (Son Junho) e Lee (Lee Kangin); Hwang Heecha, Son e Cho (Hwang Uijo). T.: Paulo Bento.

Local: Estádio 974, em Doha

Horário: 16h (de Brasília) desta segunda-feira (5)

Árbitro: Clement Turpin (FRA)

Assistentes: Nicolas Dano e Cyril Gringore (ambos da França)

VAR: Jerome Brisard (FRA)

Cartões amarelos: Jung Wooyoung (COR)

Gols: Vinícius Júnior (BRA), aos 7′, e Neymar (BRA), aos 13′, Richarlison (BRA), aos 29′, Lucas Paquetá (BRA), aos 36’/1ºT. Paik Seungho, aos 31’/2°T

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.