Contribuintes de Goiânia que já pagaram IPTU correm risco de perder desconto de 10%

Conforme prefeitura, bancos virtuais estão estornando dinheiro para conta dos remetentes

Gabriella Pinheiro Gabriella Pinheiro -
Calendário de pagamento começou dia 20 de fevereiro (Foto: Prefeitura de Goiânia)

Os contribuintes de Goiânia que já efetuaram o pagamento do boleto de cota única do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), por meio de bancos virtuais, podem estar sob risco de perder o desconto de 10%, além de receber multas. 

A situação é decorrente de estornos que vem sendo realizados pelas instituições financeiras aos pagantes, ocasionando a não quitação do débito junto a Prefeitura. O prazo para vencimento da parcela única ocorre na terça-feira (20).

Ao Portal 6, a Secretaria Municipal de Finanças (SEFIN) de Goiânia, explicou que o problema foge do controle do município, uma vez que a administração não possui acordo com os bancos virtuais. 

“Elas são instituições financeiras virtuais e todo o boleto oficial, normalmente, você faz o pagamento para essa instituição, por exemplo, para o Nubank, ele vai lá na instituição conveniada e faz a comunicação de que foi feito esse pagamento, a instituição conveniada vem e comunica o município”, justifica. 

De acordo com a pasta, o mais provável é que os bancos digitais não estejam realizando a comunicação com as instituições conveniadas e devolvendo o valor ao cliente, gerando a não quitação do débito. 

O órgão ainda salienta que, nesses casos, o contribuinte pode chegar a perder o desconto obtido, além de receber multas e juros.  

“Se o pagamento foi estornado, ele não foi feito. É uma relação dele com a instituição financeira, por isso que estamos alertando para evitar que o contribuinte seja prejudicado, porque há incidência de juros e multas”, diz. 

Segundo a Sefin, as instituições financeiras virtuais denunciadas pelos contribuintes foram acionadas para identificação do erro e tomar as devidas soluções.

No intuito de evitar ainda mais casos, a Administração Municipal orienta os contribuintes a realizarem o pagamento por meio dos bancos tradicionais da rede arrecadadora, sendo eles: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Itaú Unibanco, Banco de Brasília, Banco Mercantil do Brasil, Santander e Bancoob.

A Prefeitura também solicita para que os quitadores chequem as respectivas contas bancárias a fim de identificar estornos do IPTU e fazer o pagamento novamente.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade