João da Luz diz que não vai assinar pedido da CEI da Saúde e aponta mutirão como solução em Anápolis

Era aguardado que o vereador fosse o oitavo a assinar o documento, dando início à investigação

Pedro Hara Pedro Hara -
Vereador João da Luz durante discurso na tribuna da Câmara. (Foto: Ismael Vieira/Câmara de Anápolis)

Durante a sessão desta terça-feira (20), o vereador João da Luz (Podemos) anunciou que não vai assinar o pedido para instaurar a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde, na Câmara de Anápolis.

Era aguardado que o vereador fosse o oitavo a assinar o documento, dando início à investigação. Na tribuna, ele justificou o por quê da recusa.

Segundo João da Luz, a ‘saúde sempre teve problemas em Anápolis e não será agora que isso irá mudar’.

Ainda de acordo com o vereador, em 2023, ele apresentou um requerimento aprovado pela Casa, solicitando a realização de um ‘Mutirão da Saúde’, com cirurgias eletivas, exames e consultas especializadas.

O parlamentar também classificou como ‘oportunismo’ a criação da CEI, pois “não vai resolver o problema da saúde”.

Ele defendeu a gestão de Roberto Naves (Republicanos), dizendo que não há “elementos para provar que existe corrupção no governo”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade