Estudante da UFG cola cartaz de Katy Perry em ônibus de Goiânia e é repostado por cantora: “comecei a tremer “

Ao Portal 6, ele afirma que é fã da artista desde 2012 e que, inclusive, tem até uma tatuagem em homenagem

Gabriella Pinheiro Gabriella Pinheiro -
Madson Rocha. (Foto: Arquivo Pessoal/ Madson)

A  ideia de divulgar a nova canção da cantora Katy Perry, “Woman’s World”, por meio de um cartaz pregado dentro de um ônibus do transporte coletivo fez o estudante da Universidade Federal de Goiás (UFG) Madson Rocha, de 25 anos, ser notado pela cantora e ter uma foto repostada por ela nas redes sociais.

A cena mostrando o feito foi publicada pelo jovem e por meio de uma foto no X – antigo Twitter – e compartilhada em uma conta de fãs chamada “onikagiv” na tarde da última segunda-feira (24).

Poucas horas depois da postagem, a própria dona do hit “California Gurls” respostou a imagem do cartaz no ônibus, compartilhada pela página dos admiradores e tirada pelo estudante, afirmando que amava os fãs.

Ao Portal 6, Madson revela que só percebeu a publicação momentos depois quando diversos perfis, amigos e fãs da cantora começaram a procurá-lo nas redes sociais.

“Eu não vi na hora porque eu estava em um encontro, só senti meu celular vibrando muito e acabou que teve uma hora que estava na fila e decidi olhar. Era página me marcando, o grupo dos meus amigos […]. Eu comecei a me tremer na hora”, disse.

De acordo com ele, a ideia para a divulgação começou quando ele iniciou a distribuição de cartazes sobre a nova música de Katy dentro da UFG, mas, quando estava no ônibus, notou que havia sobrado um e, então, resolveu deixá-lo ali mesmo.

Fã da cantora desde 2012, Madson possui até mesmo uma tatuagem em homenagem à artista e diz que a celebridade foi a responsável por incentivá-lo até mesmo a assumir a sexualidade e no processo de autoconhecimento.

Madson Rocha. (Foto: Arquivo Pessoal/ Madson)

“Ela me ajudou muito no meu processo de me descobrir como um homem gay, ela esteve junto comigo nesse processo de autoconhecimento e de ser eu mesmo e as letras dela falam muito sobre isso. A cada álbum eu fui me conectando ainda mais com ela e hoje em dia eu sou muito fã dela”, diz.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.