Bombeiros fazem alerta de como evitar acidentes fatais na temporada de férias no Araguaia; confira

Ao Portal 6, tenente do Corpo de Bombeiros deu orientações para população aproveitar descanso sem passar por riscos

Thiago Alonso Thiago Alonso -
Rio Araguaia é um dos principais pontos turísticos de Goiás.(Foto: APCEF/GO)

Com o início do mês de julho, uma das épocas preferidas dos goianos também chega: as tão esperadas férias. Para aproveitar este período tão aguardado, muitas famílias desfrutam do tempo livre viajando para o Rio Araguaia, na região Sudoeste de Goiás.

No entanto, este lazer tão comum entre a população da “Terra do Pequi” pode resultar em fatalidades, conforme apontam dados do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás. Segundo o órgão, somente em 2023, 177 ocorrências de afogamentos foram registradas em Goiás, sendo que 10 delas (incluindo dois óbitos) aconteceram durante o mês de julho, no Rio Araguaia.

Para esclarecer esses riscos, o Portal 6 conversou com Davidson Victor Rocha, 1º Tenente e Oficial de Informações Públicas da Operação Férias Turista Seguro 2024, que atua na região. Ele deu orientações sobre os principais cuidados que os turistas devem tomar para evitar acidentes.

Em primeiro lugar, o profissional explicou que o consumo de bebida alcoólica em meio à água é uma das causas mais recorrentes de casos envolvendo afogamentos.

“Vemos diversas situações de imprudência, com pessoas pilotando embarcações sob efeito de álcool, resultando em colisões entre outras embarcações. Assim, algumas pessoas caem e não estão usando colete salva-vidas, ocasionando afogamentos. Às vezes até usam, mas não escolhem o certo”, detalhou.

Segundo o tenente, os dispositivos são essenciais para a segurança dos banhistas e, por isso, devem seguir uma série de exigências, como a homologação da Marinha do Brasil, além de estarem adaptados corretamente ao corpo das pessoas, correspondendo ao tamanho e peso ideais.

Davidson ainda ressaltou a necessidade de possuir habilitação para pilotar embarcações, bem como sugeriu que os turistas procurem sempre estar perto de bombeiros, caso precisem de socorro.

Além disso, o Rio Araguaia é famoso pelos diversos acampamentos temporários instalados nas praias. Contudo, o militar relembrou que, em casos onde são instalados aparatos com energia elétrica, é importante que haja vistorias para conferir as conformidades das fiações.

“O pessoal que vai acampar, que utilizará energia elétrica, deve contratar um profissional especializado para realizar a instalação e também solicitar vistorias do Corpo de Bombeiros, para confirmar se está tudo certo. Também é importante não deixar em áreas abertas, nem próximo de crianças”.

Para os casos nos quais ocorrem incidentes de choque e descargas de energia, o tenente recomendou uma série de passos que devem ser realizados para evitar maiores problemas.

“Não pode encostar na vítima. É preciso procurar a fonte que alimenta a energia, correr até a chave e desligar o registro antes de acessar a pessoa, e mesmo assim, prestar o auxílio com algum material isolante, seja um cabo de vassoura ou outra coisa. Depois, é preciso acionar o Corpo de Bombeiros ou levar a pessoa até uma unidade de saúde”, finalizou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.