Portal 6

Anápolis, o gigante adormecido

Anápolis é proporcionalmente muito maior que o Estado de Goiás. Como polo administrativo, gerador de riquezas e renda, o município concentra em seu espaço capacidade incomum de desenvolvimento e crescimento econômico e industrial. Enquanto Goiás tem regiões de grande avanço e gargalo sociais e financeiros, que dependem totalmente do amparo estatal para a sua subsistência, Anápolis é um oásis financeiro ligando duas capitais brasileiras.Alguns números antigos e atuais mostram o quando a cidade vem avançando e é preciso reconhecer que as gestões da cidade serviram como um facilitador deste potencial de crescimento.

O investimento na área social promovida pelos últimos governos contribuiu para que não somente os números de cifras e crescimento econômico, mas também para a geração de qualidade de vida e otimização do cotidiano do anapolino nos seus bairros, nos ambientes sociais que frequenta.

Na Saúde, por exemplo, Anápolis recebeu em 2014 pouco mais de R$ 121 milhões. Este feito é decorrente do processo de municipalização da Saúde, a qual tenho orgulho de apresentar como um grande feito de minha gestão à frente da cidade. No primeiro ano que estive no gabinete municipal, Anápolis recebeu R$ 4 milhões, o que a mantinha totalmente dependente de contribuições e de “humilhações” político-administrativas junto ao Estado. Em 2001, o orçamento recebido por mim do governo anterior era de pouco mais de R$ 90 milhões. E hoje ultrapassa a casa do bilhão.

Este cenário ajuda a nos mostrar a relação de independência financeira e industrial da cidade em relação ao Governo do Estado. É uma realidade que, no entanto, há quem tenha o claro interesse de não permitir que todos enxerguem porque manter Anápolis como um quintal de Goiânia .

Deve-se medir o desenvolvimento de uma cidade quando se tem investimentos privados e a expansão destes investimentos de forma independente aos favores do Estado. Anápolis arrecadando mais de 11% de todos os impostos de Goiás.

Anápolis é, hoje, uma cidade-exemplo. Um município autossuficiente que mesmo com todos os seus problemas acumulados pela omissão de décadas consegue bater recordes de desenvolvimento social e industrial e ser orgulho de seu povo.

Ernani de Paula é empresário e ex-prefeito de Anápolis.

Quer comentar?

Comentários

Comente

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.