Resumo Escrava Mãe – Quarta 30/11/2016

Zé Leão chega ao armazém de Nestor e diz que ouviu um falatório na rua que pegaram escravo tentando fugir e era do Engenho do Sol. Nestor e Sapião acreditam ser Juliana. Zé Leão diz que parece ser uma mulher e está muito ferida e eles reagem espantados. Sapião, Zé Leão e Nestor ficam preocupados com o boato de uma escrava que estava fugindo e foi feriada. Desconfiam que seja Juliana. Loreto está espantado diante de Crisaldo e dos soldados que estão somente com as roupas de baixo. Ele chama a atenção de Crisaldo pelo o que fez e sai em direção a Doces Campos para descobrir alguma coisa. Urraca vitoriosa com o documento em mãos. Almeida se veste, irritado. Petúnia o observa, sorrindo, terminando de se vestir também. Almeida vai embora e Urraca feliz por ter conseguido o que queria: voltar à nobreza. Teresa está na cama, preocupada, diante de Beatrice, porque Almeida saiu de casa na noite anterior e não voltou. Beatrice diz que isto é bom porque dá tempo de Tito Pardo e Juliana fugirem. Maria Isabel está trancada no quarto. Petúnia vai atrás de Almeida que a trata com frieza e indiferença. Dr. Pacheco observava com reprovação e diz para Petúnia arrumar suas coisas na pensão e ir embora. Petúnia fica espantada. Tomás, nervoso, diante de Quintiliano, Guilherme, Filipa e Bá Teixeira aguardam a chagada do sheik com sua filha. Nesta hora, batem na porta e é Loreto procurando por Catarina. Guilherme sai apressado com Loreto para procura-la. Almeida já está diante de Miguel e Osório, cada um em uma cela. Alguns soldados por ali, mais afastados. Almeida tira a chave da cela da mão de um soldado, já abrindo a cela de Osório que sai, furioso.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...