Entrega do São Cristóvão, Polocentro e Colorado: Saneago se manifesta sobre atrasos

Rafaella Soares -

Na manhã desta sexta-feira (18) a Saneago se manifestou sobre a responsabilidade pelo o término das obras do programa Minha Casa Minha Vida, em Anápolis.

Reportagem do Portal 6 de ontem (17) mostrou a Caixa Econômica dizendo que a entrega dos residenciais populares na cidade dependem da companhia de água e esgoto.

Segundo a assessoria de imprensa da Saneago, o termo de recebimento que ainda falta ser emitido para o Residencial São Cristóvão “está em fase final de conferência”. O documento “levou mais tempo porque precisava averbar a faixa de servidão para regularizar a área”.

PublicidadePublicidade

Sobre o Residencial Polocentro, a estatal informa que “a conclusão do projeto de esgoto depende da legalização de uma área de aproximadamente 300 metros, por onde passa o interceptor da Saneago que irá interligar o sistema de esgotamento sanitário”. Mas falta ainda sair a desapropriação da área, que “já está em andamento”, completa.

Já sobre os residenciais Colorado I e II “dependem da entrega do sistema de esgotamento sanitário do empreendedor para a Saneago. A análise dos projetos já foi concluída, as pendências foram encaminhadas para o empreendedor e a companhia aguarda o recebimento desse sistema”, avisa.

A Saneago disse ainda que não consegue estipular uma data de entrega de todas essas medidas que cabe a empresa providenciar.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.