PublicidadePublicidade

Como identificar ouro verdadeiro?

Da Redação -

Em praticamente todas as lojas que trabalham com acessórios para o corpo, como anéis, pulseiras, brincos, relógios e etc. existem inúmeros produtos que são ditos de ouro, mas nem sempre são autênticos

Para tentar identificar o que é realmente de ouro e não apenas algo folheado ou banhado, vamos apresentar algumas dicas úteis que podem auxiliar nessa verificação.

Primeiro de tudo é preciso saber que o ouro falso pesa menos que 10 quilates, e para encontrar essa descrição é preciso observar em algum ponto do objeto se há uma indicação de pureza, que gira entre 10K e 24K.

É importante buscar marcas de desgaste, principalmente em partes que tem constante atrito com a pele. Se houver algum sinal, provavelmente você tem apenas um objeto folheado.

Existe também o típico teste da mordida, porque o ouro original é levemente maleável e quando mordido é possível identificar as marcas dos dentes. Marcas mais profundas indicam ouro mais puro.

O teste do imã é também interessante, apesar de ter o seu viés. Acontece que o ouro não é um material magnético, portanto não pode ser atraído pelo ímã. Caso isso aconteça, não se trata de um ouro genuíno.

Há o teste do prato de cerâmica, onde se arrasta o ouro pela sua superfície e, se ele deixar marcas douradas no prato, indica que é um objeto de ouro verdadeiro.

Existem ainda dois testes que são recomendados a serem feitos apenas por um joalheiro, visto a complexidade e um certo risco que possuem. Trata-se do teste da densidade e do teste do ácido nítrico. No caso da densidade é preciso pesar seu objeto e colocar num recipiente com água, onde o seu deslocamento pelo frasco indicará sua densidade.

No caso do ácido nítrico, quando entra em contato com o ouro nada acontece, entretanto se for um objeto folheado, ele irá ficar esverdeado ou até de uma cor leitosa, que indica que é um objeto de prata folheado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.