‘Não será necessário aumentar taxa de lixo em 2018’, adianta Roberto Naves

Mesmo com arrecadação menor em relação ao ano passado, Prefeitura já conseguiu pagar R$ 74 milhões de dívidas herdadas de gestões anteriores

Rafaella Soares -

Durante audiência de prestação de contas realizada na terça-feira (26), o prefeito de Anápolis Roberto Naves (PTB) afirmou que no próximo ano a Taxa de Serviços Urbanos (TSU) não terá aumento.

Neste ano, o imposto sofreu revisão e veio cobrado  juntamente com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), em março.

A informação foi dada como resposta a um questionamento feito pelo vereador Jean Carlos (PTB) durante a audiência. Roberto disse que neste ano a cobrança só foi realizada porque a gestão passada não obedeceu os critérios técnicos da Lei Complementar 136/2006 (Código Tributário e de Rendas do Município) que previa revisão.

PublicidadePublicidade

Pagamento de dívidas

Presente na mesa da Câmara, a equipe econômica do prefeito apresentou dados sobre a quitação de dívidas contraídas em governos anteriores. Somente nos oito primeiros meses foram pagos R$ 74 milhões de dívidas fundadas (aquelas reconhecidas pela Prefeitura).

Segundo o secretário Municipal da Fazenda Geraldo Lino, mais de 1.100 processos trabalhistas foram pagos e os 34 que ainda restam devem ser acertados em até 45 dias.

Arrecadação

De janeiro até agosto deste ano, a Prefeitura de Anápolis teve um total de R$ 643.845.240,83 de receita corrente líquida (tudo o que entrou no caixa), cerca de R$25 milhões  do arrecadado no mesmo período do ano passado, quando R$ 669.239.592,38 entraram nos cofres do Tesouro Municipal.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.