PublicidadePublicidade

“Não foi o acesso à arma que causou a tragédia”, rebate deputada da bala

'Poderia ter pegado uma faca, um veículo. O problema é humano', defendeu

Carlos Henrique -

Em entrevista ao Jornal Opção, a deputada federal Magda Mofatto (PR) rebateu os críticos do desarmamento no país.

Ela, que é entusiasta do revogamento do Estatuto que restringe o porte e venda de armas, disse que o atentado de Goiânia (onde um adolescente de 14 anos abriu fogo contra colegas, matando dois deles e ferindo mais quatro em sala de aula por sofrer bulling) poderia ter ocorrido por outros meios.

“A arma não é quem mata, poderia ter pegado uma faca, como aquele menino que esfaqueou uma colega aqui em Goiânia. O problema é humano. Volto a dizer, temos que ter cuidado com qualquer espécie de máquina. Um veículo também é uma arma, não podemos deixar ou permitir que qualquer pessoa tenha acesso senão tiver preparo para uso. Não foi o acesso à arma que causou a tragédia”, disse.

PublicidadePublicidade

Nas últimas semanas, propagandas do PR, tendo Magda como principal personagem, mostra situações em que o uso da arma evitou roubos e crimes.  “Se todo bandido achar que vai ser recebido a bala, não vai ter meliante querendo correr o risco”, prega a deputada.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade