Anápolis terá campanha para doação de medula óssea em novembro

Gesto que pode salvar vidas poderá ser feito em dois locais diferentes da cidade nos dias 10 e 11

Rafaella Soares -

Encontrar pessoas compatíveis é um dos principais obstáculos para pacientes com leucemia que precisam de doação de medula óssea. Em Anápolis, várias famílias já mobilizaram a comunidade pelas redes sociais em busca de um doador.

Devido a essa dificuldade, uma nova campanha para conscientizar sobre a doação de medula óssea será realizada nos dias 10 e 11 de novembro. No primeiro dia, a unidade móvel do Hemocentro estará das 9h às 16h na UniEvangélica. Já no segundo dia, a ação acontecerá no Brasil Park Shopping, no mesmo horário.

É requisito para a doação ter entre 18 e 55 anos, apresentar um documento com foto, não ter doenças infecciosas ou incapacitantes e também não apresentar doença neoplásica, como câncer, hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

O voluntário à doação deve assinar um termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), preencher uma ficha com informações pessoais e doar 5ml de sangue, que posteriormente será analisado por exame de histocompatibilidade (HLA) – um teste laboratorial que cruza os dados genéticos para encontrar pessoas compatíveis.

Pessoas que já preencheram o termo e já doaram o sangue para análise não precisam refazer o procedimento, basta atualizar o cadastro no no site do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

A doação de medula óssea é feita através de punções e é coletada nos quadris. O procedimento não oferece nenhum risco e o tempo de recuperação é de aproximadamente 15 dias.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.