Dirigia ônibus clandestino e abandonou 37 passageiros em restaurante para fugir da PRF

Esperteza acabou custando mais de R$ 30 mil ao dono da empresa e motorista terá que se acertar com a Justiça

Da Redação -

Um ônibus que transportava clandestinamente 37 passageiros foi apreendido pela PRF na noite desta quarta-feira(15) na BR 153, em Porangatu, município  no extremo norte de Goiás.

O coletivo, que saiu de Barretos (SP) e levaria os passageiros para cidades do interior maranhense, foi abordado pela PRF em fiscalização de rotina quando os agentes detectaram que o transporte era irregular.

De acordo com os policiais rodoviários federais, o condutor não possui habilitação para transportar passageiro e o veículo não possui autorização de viagem. O banheiro também estava sem condições de higiene e havia diversas bagagens sendo transportadas no compartimento de passageiros.

Diante de tantas irregularidades, a documentação foi retida e o motorista orientado a deixar os passageiros em um restaurante próximo e, posteriormente, ele deveria trazer o veículo para o pátio da Unidade Operacional da PRF local.

Porém, ao saber que o ônibus ficaria apreendido, o motorista desembarcou os passageiros e fugiu.

A PRF comunicou a ocorrência para bases da Polícia Militar na região e posteriormente o veículo foi abordado próximo à São Miguel do Araguaia.

Com apoio de uma empresa de transportes, os passageiros foram encaminhados para o terminal rodoviário local prosseguindo viagem em ônibus de empresas regulares para as cidades de Santa Inês e Santa Helena, no Maranhão.

As despesas das passagens serão de responsabilidade do proprietário que, somadas às multas aplicadas pela PRF e pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), terá que pagar mais de R$ 30 mil.

Em desfavor do motorista do ônibus foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por exercício ilegal da profissão e desobediência, o qual foi assinado por ele comprometendo-se a comparecer em audiência ao Juizado Especial Criminal.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.