Para sobreviver, garotinho de Anápolis precisa de tratamento de quase R$ 2 milhões nos EUA

Leucemia rara foi descoberta quando ele tinha apenas um ano de vida

Rafaella Soares -

Mais uma campanha de solidariedade tem chamado a atenção nas redes sociais nos últimos dias. Se trata do menino Henrique Noleto, de apenas quatro anos, que está lutando contra leucemia e precisa de um tratamento que só é feito nos Estados Unidos.

A doença foi descoberta no primeiro ano de vida da criança, que desde então vive saindo de Anápolis para receber remédios em Goiânia e em São Paulo. Sem condições para bancar o tratamento no exterior, a família está realizando diversas campanhas para levantar o dinheiro.

Em entrevista ao G1, o médico Rodrigo Pimentel, que atendeu o menino em Anápolis, explicou que o custo desse tratamento deve chegar a aproximadamente R$ 2 milhões.

PublicidadePublicidade

“É um tratamento novo, aprovado recentemente nos Estados Unidos, e utiliza as próprias células do paciente para combater o câncer. O custo é de mais de US$ 500 mil”, disse.

Agora, a meta da família para alcançar um valor tão alto é conseguir doações de R$20 através de 100 mil pessoas.

Em vídeos divulgados pelas redes sociais, Henrique faz um apelo pedindo o apoio de todos que puderam para a ajudar.

Doações

Os interessados em ajudar podem fazer a doação através da conta poupança na Caixa Econômica, Agência 0014, Operação 013, Conta 00000636-8, em nome de Vivian Carneiro de Oliveira, mãe de Henrique.

Há ainda a opção para aqueles que quiserem doar virtualmente pelo site da Vakinha ou entrando em contato pelo telefone (62) 9 9380- 3195.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.