Moro não deixa Lula ser solto e diz que desembargador é incompetente sobre o caso

Em comunicado à Polícia Federal, o juiz orienta esperar resolução do impasse jurídico formado

Danilo Boaventura -
(Foto: Reprodução)

“O desembargador federal plantonista, com todo respeito, é autoridade absolutamente incompetente para sobrepor-se à decisão do Colegiado da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e ainda do Plenário do Supremo Tribunal Federal”, assim disse o juiz federal Sérgio Moro ao orientar a Polícia Federal que não solte Lula.

Filiado ao PT por 20 anos, Rogério Favreto havia acolhido liminar solicitada por deputados petistas na última sexta-feira (06). A determinação do desembargador era a de que Lula fosse solto ainda neste domingo (08).

Desembargador do TRF-4 manda soltar ex-presidente Lula ainda neste domingo (08)

No entanto, Sérgio Moro, juiz natural da ação que culminou na condenação do ex-presidente, endossada pelos desembargadores da 8ª turma do TRF-4, quer esperar o esclarecimento deste impasse jurídico para “evitar descumprimento da ordem de prisão”.

Mais informações a qualquer momento.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.