Jovem de Anápolis que levou tiro na cabeça não resiste e morre no HUANA

Ele deixa um filho ainda bebê e esposa. Projétil será usado para tentar esclarecer autoria e motivação do crime

Da Redação -
Atualizado às 18h21 com correção

Morreu às 03h da madrugada deste domingo (02), no Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), o jovem Renan Yuri Ribeiro Leite, baleado na cabeça no início da noite de sábado (1º) no bairro Nossa Senhora D’abadia, em Anápolis.

O projétil da bala que atingiu Renan foi recolhido pela Polícia Militar e deve ser utilizado para saber a autoria e motivação do crime.

Segundo a Polícia Militar, a vítima portava drogas ilícitas na cueca.

Renan deixa um filho ainda bebê e esposa.

O caso ficará agora sobre responsabilidade do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.