Portal 6

Como ocorreu a prisão do trio suspeito de matar casal de idosos em Campo Limpo

(Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Além das várias perfurações, as vítimas também tiveram os pescoços degolados pelos criminosos

Um força tarefa montada às pressas pelas polícias Civil e Militar conseguiu prender em poucas horas os principais suspeitos pelo brutal assassinato a facadas do casal de idosos Leandro Canedo Guimarães dos Santos, de 78 anos, e Darci Prado Canedo Guimarães dos Santos, de 76 anos.

O crime teria acontecido na noite de terça-feira (06), na chácara de propriedade do casal, localizada na pequena Campo Limpo de Goiás, município que fica a 20 km de Anápolis. Os corpos foram jogados em um córrego próximo ao local.

Brutal assassinato de idosos em Campo Limpo de Goiás choca a pequena cidade

Foram presos Milton Isturario Vieira, a mulher Rosane Patrícia Rodrigues e o irmão dela Ademilson Isturario Barbosa. Todos já são acusados de participação no assassinato.

As autoridades policiais foram informadas sobre os corpos através de uma denúncia anônima. O primeiro cadáver encontrado foi o de Darci, que, conforme a perícia, foi morta dentro da casa. Além das diversas perfurações que sofreram, os idosos também tiveram o pescoço degolado.

Da chácara foram levados o carro e objetos das vítimas. Para desvendar o crime, os delegados Cleiton Lobo, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, e Karla Poubel, de Campo Limpo, com apoio do GENARC/GEPATRI e do CAOP da 3ª DRPC conseguiram chegar à localização dos acusados em Luziânia.

Para prendê-los, a Polícia Civil contou com o apoio ainda da Polícia Militar, que capturou um deles que havia fugido para o mato.

O carro da vítima foi encontrado carbonizado e alguns objetos roubados foram localizados em Anápolis.

Os três autores, que já estão em Anápolis, têm passagens por vários crimes como ameaça, injúria, abandono de incapaz e lesão corporal.

Quer comentar?

Comentários