PublicidadePublicidade

Execução de adolescente no meio da rua em Anápolis intriga os investigadores

Quantidade de pessoas e balas para matar a vítima, que não tinha passagem pela polícia, também surpreende

Da Redação Da Redação -

O exame balístico das 30 cápsulas de pistola 9mm, uma das mais letais, podem ajudar a Polícia Civil a esclarecer a morte de Matheus Henrique Malheiros Carvalho, de 16 anos.

No final da noite desta quarta-feira (19) ele estava na Rua Copa 09, do Residencial Copacabana, na região Sudoeste de Anápolis, um Chevrolet Prisma parou e os quatro ocupantes do veículo abriram fogo contra o adolescente.

Pelo menos doze tiros acertaram a vítima, que morreu na hora. Os assassinos arrancaram com o carro e fugiram em direção à Avenida Pedro Ludovico.

PublicidadePublicidade

O crime intriga os investigadores. Além da pouca idade, Matheus não tinha antecedentes criminais e inimigos conhecidos.

A equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), liderada pelo delegado Cleiton Lobo, que esteve no local, já trabalha no caso para localizar os atiradores.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade