Portal 6

Justiça manda bloquear R$ 50 milhões do médium João de Deus

(Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

Defesa do líder espiritual espera que o STF aprecie pedido de liberdade após negativa do TJ-GO e STJ

Com objetivo de garantir eventuais indenizações, bem como, ocultação e dilapidação patrimonial, a Justiça de Goiás determinou nesta quinta-feira (27) o bloqueio de R$ 50 milhões do médium João de Deus.

O texto, assinado pela juíza Marli de Fátima Naves, indica que sejam confiscados ainda imóveis e veículos, incluindo os da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, município vizinho de Anápolis, até que se atinja o montante estipulado.

Ficou estabelecido também que R$ 30 milhões fique reservado para danos morais e coletivos enquanto os outros R$ 20 milhões sejam destinados para indenizações às vítimas.

João de Deus está preso desde o dia 16 de dezembro no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, quando se entregou. As principais acusações são denúncias de crimes sexuais contra mulheres que buscavam atendimento espiritual.

A defesa do médium espera que o Supremo Tribunal Federal (STF) aprecie o pedido de liberdade depois que o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negaram os pedidos de liminar (decisão provisória) para que ele fosse liberado para responder ao inquérito em casa, usando, se necessário, tornozeleira eletrônica.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.