Corpo de bebê português que se afogou em Anápolis já foi liberado pelo IML

Ele chegou a ser levado pelo SAMU ao HUANA, mas a reanimação não foi possível

Da Redação -

Guilherme Moutinho da Silva, de apenas dois anos, teve o corpo liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis ainda nesta segunda-feira (28) após a morrer por afogamento no início da tarde, em um lago da Chácara Fundão, no distrito de Interlândia.

O garotinho, que tem nacionalidade portuguesa, estava com o pai quando aconteceu a fatalidade.

Ele chegou a ser levado pela família ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), mas a reanimação não foi bem sucedida.

PublicidadePublicidade

A reportagem do Portal 6 não conseguiu apurar se o corpo da criança foi transladado para Portugal, onde está a mãe, ou se o sepultamento ocorrerá em território brasileiro.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.