Portal 6

Sofrimento de mulher torturada por marido em Anápolis está longe do fim

(Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Bebê de apenas um ano também foi alvo das ações criminosas

Teve de ser levada para a semi UTI do Hospital Municipal Jamel Cecílio a mulher que foi torturada e mantida em cárcere privado pelo marido no Jardim São Paulo, em Anápolis.

A vítima deu entrada na unidade na última segunda-feira (11) com as pernas necrosadas, uma mão quebrada e hematomas por todo o corpo. A recuperação completa deverá ser lenta e não há nenhuma previsão de quando ela receberá alta.

“É bem drástico, as lesões dela impressionam. Quando percebemos a gravidade da situação, ao invés de ir para o Instituto Médico Legal (IML) fazer os exames, levamos direto para o hospital. Ela foi submetida a uma cirurgia e deverá passar por outra”, disse a delegacia Marisleide Santos, titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam), ao radialista Márcio Gomes.

Ferramentas usadas para tortura. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Conforme a investigadora, a mulher denunciou ainda que o marido é adepto aos rituais de magia negra e o filho do casal, de apenas um ano, também era vítima de violência.

“O filho foi agredido mais de uma vez e constatamos que a criança tinha lesões. Ele foi levado para o IML para comprovar os ferimentos e imediatamente eu já solicitei a medida protetiva”, afirmou.

A prisão do agressor ocorreu nas mediações da própria DEAM, onde tentava se passar por irmão da esposa.

Ele foi encaminhado para o Centro de Inserção Social Monsenhor Luís Ilc, a cadeia pública de Anápolis, e permanece detido à disposição da Justiça.

Adepto à magia negra, torturador mantinha esposa em cárcere privado em Anápolis

 

 

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.