PublicidadePublicidade

Anápolis ganha prêmio nacional e vira referência na área de meio ambiente

Nos últimos anos foram mais de 250 mil árvores nativas plantadas, recuperando 123 nascentes. Meta é atingir a marca de 1 milhão

Da Redação -

O problema da região é conhecido: inundações no período chuvoso, favorecendo erosões, e falta de água na estiagem. Mas as ações que vêm sendo realizadas desde 2017 em Anápolis  para solucionar a questão já apresenta resultados e, merecidamente, ganha notoriedade, servindo de modelo para o resto do Brasil.

Na última quinta-feira (27) em Campinas-SP, o município recebeu o Prêmio de Destaque em Gestão Ambiental Municipal da  Associação Municipal de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) e entrou na seleta lista de cidades brasileiras que levam a sério a implementação de políticas públicas na área.

Dos 5.571 municípios no Brasil, apenas 2,5% receberam o reconhecimento da Associação no evento, que é o segundo maior desde a Eco 92 – conferência de chefes de Estado realizada pelas Nações Unidas sobre meio ambiente e desenvolvimento.

Não é à toa que os prêmios chegam, já são mais de 250 mil árvores nativas plantadas e, com isso, já foram recuperadas 123 nascentes, além de 98 bacias de drenagem – tecnologia de percolação de água nas estradas, solução baseada na natureza, assim como os jardins de chuva e as trincheiras de infiltração já existentes em Anápolis.

O trabalho é considerado o que há de mais moderno na área, pois as soluções são baseadas na natureza. As espécies nativas plantadas estão sincronizadas com o período hídrico, dormem na seca e bombeiam água na chuva.

Antônio Zayek. (Foto: Divulgação)

“A meta é atingir a marca de 1 milhão de novas árvores, recuperando áreas degradadas, nascentes e consolidando verdadeiros pomares do Cerrado espalhados pela cidade, que têm um papel essencial na mudança cultural em prol da valorização e proteção do bioma Cerrado”, afirmou o diretor de meio ambiente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano, Antônio Zayek.

O trabalho é tão especial que a cidade foi a única do país a ser convidada pelo Banco Mundial a participar de um dos congressos mais relevantes sobre biodiversidade e sustentabilidade do mundo, o Global Platform for Sustainable Cities, realizado em maio deste ano, em Washington, nos Estados Unidos. Lá, Anápolis foi aplaudida por líderes mundiais do segmento.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade