PublicidadePublicidade

Três taças de vinho custaram muito caro para este rapaz em Anápolis

Nenhum familiar ou amigo apareceu na delegacia e, por isso, o prejuízo foi ainda maior

Da Redação -

Qualquer pessoa do Brasil que tira a habilitação para dirigir sabe que jamais pode mistrurar bebida e direção, mas rotineiramente há àqueles que desafiam a lei e terminam bem complicado.

Foi o que aconteceu com Tiago Alves do Santos, de 31 anos, que, além de pagar R$ 500 de fiança para não ir para cadeia, ainda terá de gastar mais dinheiro para retirar o carro do Centro Pátio de Anápolis.

Na noite de terça-feira (23), ele chamou a atenção da Polícia Militar ao passar em alta velocidade  e fazendo manobras perigosas com um Fiat Pálio pelas ruas do bairro Maracanã, na região Central.

PublicidadePublicidade

Alcançado pela viatura, Tiago se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi levado diretamente para o Instituto Médico Legal (IML). Lá foi constatato que ele tinha alcool no organismo.

Na Central de Flagrantes, o rapaz disse que apenas havia bebido três taças de vinho e teve de voltar para casa a pé porque nenhum familiar ou amigo apareceu para buscar ele e o veículo.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade