PublicidadePublicidade

Funcionária de supermercado queria enriquecer deixando chefe no prejuízo

Ação do empresário foi fundamental para descobrir plano da garota

Da Redação -

Um caso atípico foi registrado em Anápolis na terça-feira (03). Uma funcionária do Sena Supermercado, no bairro Boa Vista, região Norte da cidade, teve de ser presa depois de ser flagrada cometendo um crime grave.

Consta no Boletim de Ocorrência que o proprietário do estabelecimento percebeu que o valor arrecadado no caixa de Milena Gabriela Lopes Gonçalves, de 18 anos, não condizia com o fluxo de mercadorias que eram diariamente vendidas no local.

Desconfiado, o empresário decidiu colocar câmeras de segurança e viu os momentos em que a garota deixava de registrar alguns produtos, mas cobrava o valor integral dos clientes.

PublicidadePublicidade

Dessa forma, ela repassava ao supermercado uma quantia inferior ao total das compras e ficava com o restante.

Questionada pelo chefe, Milena, que trabalhava há cerca de um ano no supermercado, confessou que estava praticando o crime há três dias e havia pego R$50.

A jovem foi encaminhada à Central de Flagrantes e revelou que outros funcionários do estabelecimento também têm a mesma conduta. Ela foi autuada por furto, mas não permaneceu detida porque, segundo a Polícia Civil, não houve um flagrante.

A reportagem do Portal 6 entrou em contato com o Sena Supermercado para confirmar se Milena já deixou o quadro de colaboradores, mas foi informada que apenas o gerente poderia passar informações e não estava disponível para falar até o momento desta publicação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade