PublicidadePublicidade

Termina a quarentena da médica do Hospital de Queimaduras de Anápolis

Primeiro caso do novo coronavírus na cidade, ela permaneceu assintomática durante o período e testes provaram que ninguém foi infectado por ela

Avatar Rafaella Soares -
PublicidadePublicidade

Por meio das redes sociais, o Hospital de Queimaduras de Anápolis divulgou uma nota nesta sexta-feira (27) para anunciar o fim da quarentena da médica anestesiologista Leila Cunha, de 69 anos, primeira paciente a testar positivo para o novo coronavírus na cidade.

Ela teve o diagnóstico confirmado no último dia 16 de fevereiro após retornar de um cruzeiro na Itália com duas amigas, que também testaram positivo para a doença, e desde então estava em isolamento social.

Antes, no entanto, a profissional chegou a ter contato com pacientes, acompanhantes e colaboradores do Hospital de Queimaduras e o exame só teria sido exigido aos que apresentaram algum sintoma em potencial para o Covid-19.

PublicidadePublicidade

“Esclarecemos que a Vigilância Epidemiológica do município de Anápolis foi o órgão responsável por determinar quais pessoas seriam testadas, da mesma forma que orientou todo processo de quarentena”, afirmou a unidade na publicação.

Como os testes constataram que ninguém foi contaminado, os trabalhadores, incluindo a médica, já estariam aptos a voltar a exercer as devidas funções na unidade.

https://www.instagram.com/p/B-PUc5tj_1X/

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade