PublicidadePublicidade

Policiais da DEAI resgatam idoso espancado com pedaço de pau em Anápolis

Equipe precisou realizar uma grande operação para atender tantas denúncias, que aumentaram muito por causa da pandemia

Da Redação Da Redação -

A Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (DEAI) encerrou nesta quinta-feira (20) uma operação deflagrada há uma semana em Anápolis para atender várias denúncias de crimes contra idosos.

Titular da unidade, o delegado Manoel Vanderic contou ao Portal 6 que a ação foi necessária devido ao número de denúncias ter aumentado consideravelmente desde o início da pandemia do novo coronavírus.

“Ao todo, foram visitadas 95 supostas vítimas, incluindo nos distritos e na zona rural do município. Oito idosos foram encaminhados para hospitais e asilos. 35 casos serão aprofundados em inquéritos policiais. Quatro agressores, usuários de drogas, foram internados em clínicas de recuperação a pedido dos idosos”, detalhou.

PublicidadePublicidade

Segundo o delegado, o caso mais grave foi registrado na terça-feira (18), quando um filho teve de ser preso após espancar o pai com um pedaço de pau.

A vítima ficou com suspeita de traumatismo craniano e precisará de exames, incluindo tomografia, para que a equipe médica veja se algum dano cerebral foi causado. Já o filho vai responder por lesão corporal, injúria, ameaça e invasão de domicílio.

A orientação de Vanderic é que, para evitar risco aos idosos de serem contaminados pelo novo coronavírus, as denúncias de natureza criminal devem ser feitas pelos telefones 197 ou (62) 3328-2736.

Em tempo

Uma situação preocupante  vista pelos policiais da DEAI é que grande parte da denúncias recebidas não são de crimes e sim de vulnerabilidade social.

“Pegamos muito idoso viúvo, sem filhos, vivendo na extrema pobreza, sem condições de saúde e higiene. É um caso sério porque não podemos transferir para um abrigo sem consentimento, mas muitos não aceitam ajuda, porque se acostumaram a viver nessa situação”, explicou o delegado.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade