PublicidadePublicidade

Armado, homem invade casa em Anápolis e tenta matar a ex enforcada

Vítima gritou muito por socorro e também afirmou aos policiais que ele teria cometido crime cruel contra adolescente de 12 anos

Da Redação Da Redação -

Após serem acionados por telefone, policiais militares se deslocaram ao Residencial Copacabana, região Sudoeste de Anápolis, nesta segunda-feira (24),  e ouviram gritos desesperados de uma mulher.

Ela tem 45 anos e contou à equipe que havia sido agredida pelo ex-marido, de 39 anos. O homem ainda estava dentro da casa e a vítima pediu que fosse retirado de lá.

Quando os militares entraram na residência, foram recebidos com vários xingamentos do suposto agressor, que estava alterado e desobedeceu a ordem de colocar as mãos na cabeça.

PublicidadePublicidade

Foi necessário uso de força física para algemá-lo e, revoltado, o homem disse que tinha decorado o nome dos agentes para se vingar quando saísse da cadeia. Fez também uma promessa de morte para a ex-companheira.

Ainda na casa, a vítima contou que o homem teria estuprado uma menina de 12 anos no dia anterior, depois de consumir bebidas alcoólicas, mas que não conhece a garota e não a viu mais depois do crime.

Também relatou que o ex chegou a amarrar um fio na garagem e enrolou no pescoço dela para enforcá-la. Enquanto isso, a ameaçava com uma faca na barriga. As marcas ainda estavam visíveis no corpo dela.

A arma branca, assim como apontado pela mulher, foi encontrada enterrada no quintal. A principal suspeita é que o homem teria a intenção de fugir da cidade, pois estaria de malas prontas.

Na Central de Flagrantes, o suspeito foi autuado por lesão corporal dolosa, desacato, desobediência e ameaça. Já a denúncia do suposto estupro não pôde ser apurada no local por falta de informações sobre a possível vítima.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade