PublicidadePublicidade

Os detalhes do acidente em que jovem morreu após ser arrastada por carreta em Anápolis

Foi o crachá da vítima que ajudou na identificação e caso será investigado pela DICT

Da Redação Da Redação -

Foi identificada como Joyce de Jesus Pinto, de 24 anos, a jovem que morreu na manhã deste sábado (29) em um acidente de trânsito, nas proximidades do Cemitério Park, no Paraíso 2ª Etapa.

O nome da vítima foi descoberto, inicialmente, devido ao crachá dela, que foi encontrado perto do corpo, e de familiares que estiveram no local e confirmaram a identidade.

Oficialmente, essa informação ainda será averiguada pelo Instituto Médico Legal (IML), que não conseguiu a identificação de pronto devido ao estado em que o corpo foi encontrado.

PublicidadePublicidade

(Foto: Reprodução)

A reportagem do Portal 6 apurou que jovem estaria à caminho do trabalho, na Nova Forma, quando foi atingida por uma carreta e arrastada por vários metros.

O caminhoneiro, de 36 anos, é natural do Paraná e contou à Polícia Civil que trafegava pela Avenida Lídia Fernandes quando deu a seta para fazer uma conversão à direita e não viu pelo retrovisor nenhum impeditivo.

Somente após iniciar a curva é que sentiu algo diferente em um dos reboques e, quando parou, viu uma Honda Biz presa.

(Foto: Reprodução)

A jovem estava caída logo atrás e um popular foi quem precisou chamar o socorro porque o motorista alega ter entrado em estado de choque, uma vez que nunca teria se envolvido em outro acidente nos sete anos de profissão.

Ele ficou todo o tempo na cena do acidente para prestar os devidos esclarecimentos e chegou a ser levado para o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para um teste do bafômetro, que confirmou que não havia consumido bebida alcoólica.

A carreta, que está carregada de feijão, saiu de Itaberaí, em Goiás, e estava à caminho de Feira de Santana, na Bahia.

Como em todo acidente de trânsito que resulta em morte, o caso será investigado pela Delegacia de Trânsito de Anápolis.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade