PublicidadePublicidade

Preso um dos homens apontados como responsável por cruel execução em Anápolis

Vítima, que foi esfaqueada e teve o corpo queimado, conseguiu conversar com a polícia antes de morrer

Da Redação Da Redação -

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis cumpriu, na manhã desta terça-feira (1º), um mandado de prisão temporária contra um dos responsáveis pelo homicídio do jovem Frederico Campelo de Jesus, de 29 anos.

A liberação judicial aconteceu depois que a Polícia Civil (PC), juntamente da Polícia Militar (PM), apresentou provas que confirmavam a participação do homem no crime.

A identidade dele, no entanto, não foi revelada pela corporação.

PublicidadePublicidade

Frederico foi atacado no dia 27 de julho, no Jardim Promissão, bairro do extremo Norte da cidade.

Na ocasião, um morador do local acordou com a vítima gritando por socorro, após ter sido esfaqueado e ter parte do corpo incendiado pelos criminosos.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado e realizou o atendimento à vítima, que posteriormente foi encaminhada ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite seguinte.

Antes de falecer, ele conversou com policiais e confirmou, através de fotos apresentadas, a identidade de um dos suspeitos da ação criminosa – fato que foi muito importante na sequência das investigações e na consequente prisão.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade