PublicidadePublicidade

Estão mortos os quatro homens que sequestraram motorista, roubaram carro e trocaram tiros com a CPE

Segundo a polícia, o paradeiro da vítima ainda permanece desconhecido

Da Redação Da Redação -

A Companhia de Policiamento Especializado (CPE) deve se pronunciar amanhã (28) sobre a complexa operação que resultou na morte de quatro homens, que entraram em confronto com os agentes da corporação na madrugada deste domingo (27).

Em conversa com o Portal 6, o subcomandante da CPE, capitão Fabrício, informou que os suspeitos ainda não foram identificados e que mais detalhes sobre a ocorrência e o andamento das investigações serão fornecidos pelo próprio comandante durante a manhã.

A ação criminosa teve início na região entre Itapuranga e Uruana, quando os quatro criminosos agrediram e sequestraram o condutor de um Hyundai ix35, da cor prata, o mantendo em cárcere privado.

PublicidadePublicidade

Após o violento roubo, eles seguiram para Anápolis pela BR-153. Uma ação conjunta entre a CPE, Polícia Militar (PM) e a Força Tática Municipal conseguiu descobrir o destino dos ladrões, que se dirigiam à uma residência no setor Granville, na região Leste da cidade.

O objetivo era esconder o veículo para uma futura negociação, mas foram surpreendidos pela chegada dos policiais.

Os quatro homens morreram após reagirem à abordagem e trocarem tiros com os policiais.

O paradeiro do motorista que foi sequestrado ainda permanece desconhecido.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade