PublicidadePublicidade

Moradores de Goiânia se reúnem e levam indignação contra racismo em condomínio para além da internet

Repercussão do caso só aumenta e vídeo mostra a ação dos populares

Caio Henrique Caio Henrique -

A população de Goiânia decidiu levar as manifestações contra a cliente que ofendeu o motoboy com insultos racistas para além da internet.

Isso porque diversos populares, incluindo entregadores, se reuniram em frente ao condomínio Aldeia do Vale, na tarde desta terça-feira (27), para protestar contra as atitudes da mulher.

Em meio a gritos de “racista” e barulho alto da buzina generalizada das motocicletas dos entregadores, a manifestação tomou conta do local e levantou ainda mais a bandeira do caso, que já ganhou repercussão nacional.

PublicidadePublicidade

A cena foi gravada por pessoas que estavam presentes e pode ser assistida a seguir:

Relembre o caso

Ao saber que o entregador do pedido, feito por aplicativo, era um homem negro, a mulher contatou o restaurante e exigiu que outra pessoa entregasse a encomenda.

Ao ser questionada do porquê da decisão, ela disse que não receberia “preto e macaco” no condomínio dela.

Toda a conversa foi registrada pela jovem gerente da loja que, logo em seguida, publicou nas redes sociais.

O caso tomou grandes proporções e engajamento, mobilizando diversas ações em suporte e apoio ao entregador ofendido.

Até mesmo o iFood, mediador do pedido, já tomou postos e se colocou a disposição para auxiliar na investigação do caso.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade