PublicidadePublicidade

Após incêndio, prejuízo da Eldorado já ultrapassa os R$ 100 milhões

Empresa, que garante ter todos os alvarás e licenças, desconfia do que pode ter provocado as chamas

Avatar Danilo Boaventura -

Neste domingo (1º), o Corpo de Bombeiros deu por encerrada a força-tarefa que montou para apagar por completo o incêndio no prédio da Eldorado.

O rescaldo já havia sido concluído na última quinta-feira (29), mas equipes da corporação permaneceram monitorando o local por segurança.

Mais de 50 brigadistas foram mobilizados durante todos esses dias para controlar as chamas e impedir que o fogo se alastrasse por edificações vizinhas.

PublicidadePublicidade

Somente a perícia terá condições de apontar o que realmente pode ter provocado o incêndio. A empresa, no entanto, acredita que a instabilidade de energia elétrica ocorrida na cidade pode ter causado algum curto-circuito no local.

Em entrevista ao Portal 6, a diretora administrativa da Eldorado Distribuidora, Ana Lúcia Sandré, disse que o prejuízo já ultrapassa os R$ 100 milhões. Isso porque, além das mercadorias, o prédio também ficou destruído.

Segundo a executiva, ao contrário do que se especula, a empresa tem todas as licenças e alvarás de funcionamento.

“Nós temos toda a documentação. Uma empresa com mais 20 anos de mercado tem todos os cuidados”, assegurou.

Apenas parte das mercadorias tinham seguro, revelou Ana Lúcia. “Até porque não tem como fazer seguro de tudo do que tinha em um prédio daquele tamanho”, ponderou.

O drama da Eldorado tem sensibilizado até mesmo os concorrentes, que, segundo Lúcia, já se dispuseram para ajudar com mão de obra e estoque.

Nos próximos dias, a empresa pretende se pronunciar oficialmente por meio de nota pública.

“Temos de dar uma posição para as famílias dos mais de mil colaboradores que dependiam da gente. O prejuízo é enorme. Não vamos conseguir manter todo o quadro de funcionários”, lamentou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade