PublicidadePublicidade

Justiça Eleitoral em Anápolis prepara forte estratégia para coibir boca de urna e outros crimes

Essa é a primeira vez que a tecnologia será usada na cidade, lembra Patrícia Junqueira, chefe de Cartório da 141ª zona eleitoral do município

Avatar Rafaella Soares -
PublicidadePublicidade

Em tempos de eleição, é comum encontrar eleitores e até mesmo candidatos que usam de estratégias ilícitas para conquistar novos votos, a fim de garantir que tenham o suficiente para vencer.

Neste ano, porém, a Justiça Eleitoral está ainda mais empenhada em garantir que nenhum crime seja cometido antes e no dia das votações, que acontecerá em menos de duas semanas.

Ao Portal 6, a chefe de Cartório da 141ª zona eleitoral de Anápolis, Patrícia Junqueira, contou que todos os órgãos específicos já estão atuando e ainda contarão com um apoio fundamental.

PublicidadePublicidade

“A fiscalização é feita pela Justiça Eleitoral, com o Ministério Público Eleitoral (MPE), Polícia Federal (PF), Polícia Miliar (PM) e Polícia Civil (PC). Inclusive, neste ano serão usados drones nos lugares de votação para coibir os crimes eleitorais, principalmente boca de urna”, afirmou.

Uma das ferramentas também utilizadas é o Pardal, um aplicativo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que foi criado para receber denúncias da população.

Em Anápolis, conforme Patrícia, há nove dessas denúncias em análise, 181 baixadas no sistema e nove pendentes de envio de provas, todas advindas da ferramenta.

Dentre os crimes que a população mais acusa os candidatos são de descumprimento de regras nas carreatas, comícios e aglomerações; santinhos no chão; adesivos em propriedades privadas; e outros crimes eleitorais.

Enquanto isso, a Justiça Eleitoral está terminando de convocar todos os mesários que atuarão no dia 15 de novembro.

No início da próxima semana, será realizada também a cerimônia de carga e lacre das urnas eletrônicas da zona 141 (08 de outubro), zona 003 (09 de outubro) e zona 144 (10 de outubro).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade