PublicidadePublicidade

Alvo de pancadas na cabeça, homem morre na frente da mãe em Anápolis

SAMU chegou a ser acionado, mas técnicas de reanimação não funcionaram. Genitora registrou o caso na Polícia Civil

Da Redação Da Redação -
Central de Flagrantes da Polícia Civil. (Foto: Danilo Boaventura)

Uma moradora do Residencial Leblon, região Leste de Anápolis, teve de procurar a Central de Flagrantes nesta segunda-feira (30) para registrar a morte do filho, de 43 anos.

A mulher contou que, durante a madrugada, ele começou a ter convulsões e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) precisou ser acionado.

As equipes de socorro chegaram rapidamente e iniciaram as tentativas de reanimação. Mesmo com todo o esforço dos profissionais, que durou cerca de uma hora, o homem não voltou a apresentar nenhum sinal vital.

PublicidadePublicidade

O SAMU constatou junto à mãe que o filho dela tinha sofrido uma parada respiratória e, por isso, não tinha resistido.

Na delegacia, a mulher contou ainda que ele saiu da cadeia há um ano e meio. Desde então vinha sofrendo com essas convulsões e fazendo muito uso de bebida alcoólica.

Em uma ocasião, chegou a revelar que, enquanto esteve preso, teria levado pancadas na cabeça de outros detentos. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade