PublicidadePublicidade

Polícia Civil descobre quem matou motogirl a tiros em Anápolis

Motivo pelo qual a dupla premeditou e executou o assassinato também foi revelado

Da Redação Da Redação -

Dois jovens, de 18 e 23 anosm foram presos nesta sexta-feira (11) pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e já se encontram encarcerados no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Segundo a Polícia Civil (PC), a dupla é quem matou a motogirl Rafaella Batista dos Santos, de 22 anos, em 27 de outubro deste ano.

O crime ocorreu em uma zona erma do Jardim Goiano, bairro da região Oeste da cidade.

PublicidadePublicidade

Ainda segundo a PC, os assassinos são traficantes e planejaram matar a vítima após descobrirem que ela estava ficando com parte das encomendas de drogas pelas quais era contratada para entregar.

“No dia dos fatos, Rafaella foi chamada pelos investigados para a realização de um serviço, atraída para um local ermo e morta a tiros. Câmeras de segurança das proximidades flagraram a fuga de um dos autores”, detalhou o delegado Wllisses Valentim, titular do GIH.

Imagens que mostram a fuga de um dos homicidas foram divulgadas pela PC.

Além de repercutir muito na cidade, o assassinato da motogirl também comoveu as redes sociais.

Não foram poucos os amigos e conhecidos que demonstraram pesar e deixaram mensagens de carinho para a jovem.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade