PublicidadePublicidade

Idoso que matou estudante atropelado será levado para cadeia pública de Anápolis

Em depoimento à Polícia Civil, ele também disse porque dirigia em alta velocidade e não parou para prestar socorro à vítima

Caio Henrique -

Ascânio Dias da Cunha, de 79 anos, responsável pelo atropelamento do estudante Dieliton Haryell, de apenas 16 anos, será autuado e preso em flagrante após atingir o adolescente e fugir sem prestar socorro.

A informação foi confirmada ao Portal 6 pelo delegado plantonista, George Muniz.

Ele também destacou que o idoso tentou se justificar à família, dizendo que estava em alta velocidade e não parou porque estava fugindo de um assalto.

PublicidadePublicidade

O delegado, entretanto, informou que nenhuma das imagens analisadas corroboram essa hipótese.

No momento, o condutor realiza exames no Instituto Médico Legal (IML). Posteriormente, deve ser encaminhado à Delegacia Central da Polícia Civil para prestar depoimentos e ser autuado pelo crime.

O autor também tentou justificar o fato de não ter se apresentado à polícia após o atropelamento, afirmando que iria fazer isso na segunda-feira (21), já que estava muito abalado emocionalmente devido à possível tentativa de assalto que havia sofrido.

Em tempo

Ascânio dirigia um Ford Carcel na noite de sexta-feira (18), quando, em alta velocidade, decidiu fazer um movimento proibido na rotatória da Avenida Pedro Ludovico, adentrando a contra-mão da via e acertando em cheio o estudante Dieliton, que passava de bicicleta.

O motorista sequer diminuiu a velocidade e seguiu em disparada. O jovem, infelizmente, não resistiu às lesões e faleceu ainda no local.

Dielinton tinha 16 anos e era estudante do Colégio Estadual da Polícia Militar (CEPMG) Polivalente Gabriel Issa.

A instituição de ensino emitiu uma nota de pesar pouco após a confirmação da fatalidade. “Toda a família CEPMG Gabriel Issa está abalada com a perda do nosso Dielinton”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade