PublicidadePublicidade

Dupla que aparece com submetralhadora em baile funk de SP é presa

Denúncia anônima foi feita à Polícia Militar, que acionou a 'tropla de elite' da corporação para ir até o local onde eles estavam

Folhapress Folhapress -

Alfredo Henrique, de SP – Dois jovens foram presos por policiais militares após serem flagrados ostentando uma suposta submetralhadora em meio a um baile funk, por volta das 17h deste domingo (28), em Cidade Tiradentes (zona leste da capital paulista). A cena foi filmada por um celular. A defesa da dupla não havia sido localizada até a publicação desta reportagem.

Segundo as imagens, um estudante de 21 anos e um beneficiado com saída temporária de Natal da cadeia, de 24 anos, trafegam em uma moto em meio a centenas de jovens, que se aglomeram em um pancadão, sem máscaras de proteção, no meio de uma rua, cujo nome não foi informado. Festas estavam proibidas no fim de semana no estado de São Paulo por causa da pandemia da Covid-19.

O registro feito com celular ainda mostra o garupa, de 21 anos, segurando uma arma semelhante a uma submetralhadora, incluindo uma bandoleira para apoiar o armamento no ombro. A presença da arma de grosso calibre, porém, não chama a atenção dos frequentadores do baile funk clandestino. “Tudo normal”, ironiza a pessoa que faz o vídeo.

PublicidadePublicidade

Após a dupla sair do local, uma denúncia anônima foi feita à Polícia Militar, que acionou a Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) para ir até a região.

Segundo a PM, policiais primeiramente localizaram o endereço do detento de 24 anos, que estava em liberdade provisória por causa do benefício da saída temporária de fim de ano. Segundo a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária), gestão João Doria (PSDB), 33.563 presos estavam aptos para saírem temporariamente do sistema carcerário entre o Natal e o Ano-Novo.

Aos PMs, o preso confirmou cumprir pena no sistema carcerário, sem informar onde e por qual crime. “[O suspeito], inclusive, estava ciente de que não poderia descumprir as medidas que lhe foram impostas quando de sua liberação, mas mesmo assim as descumpriu”, diz trecho de boletim de ocorrência sobre a presença dele na festa clandestina.

O detento, ainda segundo a polícia, afirmou que a submetralhadora que aparece nas imagens estaria com o estudante de 21 anos.

O jovem foi encontrado em sua casa, também em Cidade Tiradentes. Ele admitiu que estava com a arma no baile funk, mas que tinha entregado a submetralhadora ao seu proprietário, que não foi encontrado. Nem a arma.

Alegando que não queria prejudicar seus familiares, o estudante indicou um esconderijo, sob uma escada, onde os policiais encontraram um revólver calibre 32 com numeração raspada.

Após ser localizada e presa, a dupla foi encaminhada ao 49º DP (São Mateus), onde foi indiciada por porte ilegal de arma de fogo, tanto pela apreensão do revólver quanto pelo fato de os dois aparecerem nas imagens com a submetralhadora.

Questionada sobre quais medidas irá tomar com relação ao descumprimento da saída temporária do condenado, a SAP não se manifestou até a publicação desta reportagem.

A pasta também não informou em qual unidade o preso cumpre pena e por qual crime.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade