PublicidadePublicidade

Goiano que compartilhou fotos da ex-namorada no WhatsApp é condenado a indenizá-la em R$ 50 mil

Avatar Gabriella Licia -

Um homem, que não teve a identidade revelada pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), foi condenado a indenizar a ex-namorada em R$ 50 mil após expor fotos sensuais dela em grupos WhatsApp e anunciá-la em sites de prostituição.

A defesa da mulher contou ao G1 que o relacionamento durou cerca de um ano e o rapaz decidiu destruir a vítima, que esperava um filho dele, por não aceitar a separação.

O romance entre eles era conturbado e a vítima chegou a sofrer agressões verbais e psicológicas por diversas vezes.

Prova disso é que a moça chegou a desistir de um emprego, pois segundo o antigo namorado o trabalho era inapropriado pela quantidade de colegas homens no local.

Vingança

A vingança aconteceu em 2016, mas a condenação só chegou em fevereiro de 2021.

O homem compartilhou várias fotos da ex-namorada nos grupos que participava, incluindo o do trabalho.

A intenção era força-la a reatar o relacionamento. Não satisfeito, ele também criou um perfil da mulher em um site de garotas de programas com as fotos da vítima.

O constrangimento foi tanto que ela precisou abandonar o campo profissional em que atuava.

“Pode-se concluir que as ameaças proferidas pelo requerido/apelado, a partir do seu telefone, conforme prova pericial coincidem com aquelas publicadas, que causaram dor e sofrimento psicológico e emocional à autora/apelante, que autorizam concluir pela certeza da autoria e pela existência do nexo de causalidade apontados na inicial”, disse Delintro Belo de Almeida Filho ao reconhecer que houve dano moral.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade