PublicidadePublicidade

Triste sina de mãe em Anápolis que precisou chamar a polícia para filho adolescente

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

Na noite desta quinta-feira (25), policiais militares tiveram de se deslocar o bairro Paraíso, em Anápolis, para atender o chamado desesperado de uma mãe.

Ela contou que o filho adolescente, de 15 anos, chegou em casa muito irritado e repentinamente deu um soco no rosto da irmãzinha, de apenas 11.

Depois, a jogou contra a parede e passou a agredir a menina com empurrões e pontapés. Toda a violência fez a criança sofrer uma torção no pé.

PublicidadePublicidade

Não satisfeito, ainda começou a quebrar vários móveis, objetos e até mesmo a porta da casa em que mora com a família.

O motivo da revolta do adolescente ainda é uma incógnita, mas ele fugiu de casa assim que parou com as agressões e não foi localizado pela PM.

Antes de deixar a residência, os policiais acalmaram a mulher e orientaram ela a buscar ajuda.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade