PublicidadePublicidade

‘Cabelo de homossexual’ fez pai arrancar couro cabeludo de criança de apenas 10 anos

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

A Polícia Civil de Goiás (PC-GO) divulgou nesta sexta-feira (12) os detalhes do caso de um homem de 33 anos que foi preso após arrancar o couro cabeludo do filhinho, de apenas 10 anos, com uma faca.

O caso aconteceu na última terça-feira (09), em Planaltina de Goiás, a 206 km de Anápolis, e está sendo investigado pelo delegado Thiago César.

No momento do crime, o pai teria chegado bêbado em casa e decidido castigar a criança porque estaria usando um corte de cabelo ‘homossexual’.

PublicidadePublicidade

Ele então pegou a arma branca e, ao tentar arrancar um tufo dos fios, acabou escalpelando parcialmente o menino. A mãe do garotinho também teria sido ameaçada.

Acionada, a Polícia Militar esteve no endereço do suspeito, que deu trabalho e se negou a acompanhar os agentes. Por isso, ele foi autuado por desacato, resistência e desobediência e teve prisão preventiva autorizada pela Justiça.

Já o garotinho teve de ser levado para um hospital de Brasília, onde precisou passar por uma cirurgia reparadora na cabeça.

Ele recebeu alta nesta quinta (11) e já passou por exame de corpo de delito do Instituto Médico Legal (IML).

O laudo deverá sair nas próximas horas e a expectativa da Polícia Civil é utilizar o resultado para indiciar o homem pelo crime de tortura.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade