PublicidadePublicidade

Procon já notificou oito postos de combustíveis por preços abusivos em Anápolis

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Postos que anteciparam reajuste no preço do combustível entraram na mira do Procon, que já notificou oito estabelecimentos que cometeram essa infração.

“Mesmo com estoque antigo, eles já elevaram os preços para o consumidor”, explicou Wilson Velasco, diretor do órgão no município.

Segundo ele, foi dado dez dias para as empresas apresentar defesa e, a depender do julgamento do departamento jurídico do Procon, elas podem ser autuadas e multadas.

PublicidadePublicidade

Em outra frente de trabalho, o órgão verifica nos postos da cidade a qualidade do combustível e se a quantidade vendida é a que de fato está saindo das bombas.

A fiscalização está ocorrendo desde domingo (14) em parceria com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), dentro da Semana do Consumidor.

Wilson Velasco detalha que enquanto os profissionais da ANP verificam as bombas de combustíveis, a equipe do Procon olha, por exemplo, a data de vencimento dos produtos à venda, como óleo e filtro, lei do troco, entre outros pontos.

“Também estamos aproveitando e verificando data de vencimento de produtos vendidos nas lojas de conveniência. Sobre esses aspectos, já realizamos algumas notificações”.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade