PublicidadePublicidade

O que já se sabe sobre caso de influencer e namorado que foram encontrados mortos

Nas redes sociais, seguidores da influencer lamentaram a morte e criticaram que mais um feminicídio foi cometido contra uma mulher

Folhapress Folhapress -
(Foto: Reprodução)

A cantora e influencer Lívvia Bicalho, 37, e o namorado Rafael Ribeiro, 39, foram encontrados mortos no apartamento onde ela morava, no bairro JK, em João Molenvade (114 km de Belo Horizonte), por volta das 13h desta quarta (21).

Segundo a Polícia Militar, Ribeiro teria matado a namorada a tiros e se suicidado em seguida. Testemunhas que ouviram uma briga de casal e barulho de tiros ligaram para o 190. Quando os policiais chegaram ao local encontraram o casal morto.

Nas redes sociais, seguidores da influencer lamentaram a morte e criticaram que mais um feminicídio foi cometido contra uma mulher. A estatística do feminicídio de 2019 mostrou que o crime cresceu 7,2% no país, com expansão expressiva em alguns estados. São Paulo (182), Minas Gerais (136), Bahia (101) e Rio Grande do Sul (100) registraram o maior número de casos.

PublicidadePublicidade

Um internauta elogiou um show de Bicalho, em Itabira (MG), e destacou o carisma, postura e presença de palco da cantora. Ele pediu um basta ao feminicídio e disse que nenhuma mulher merece morrer na mão de um homem.

“Chega de feminicídio, chega de homens se acharem donos de suas companheiras, esposas namoradas, é preciso dar um basta nisso. Nenhuma mulher merece morrer na mão de homem nenhum. Que encontre a paz, e que Deus conforte o coração de todos os familiares”, escreveu.

Bicalho tinha um canal no YouTube com 2,6 mil inscritos e postava vídeos cantando. No Instagram, ela tinha 93 mil seguidores e produzia conteúdo sobre marketing digital, moda e lifestyle.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade