PublicidadePublicidade

Morre sequestrador que trocou tiros com a CPE em Anápolis; comparsa segue foragido

Segundo a PM, a dupla é a mesma que atirou contra o rosto de uma funcionária quando saíam de um motel em Goiânia

Da Redação Da Redação -
Bandidos estavam em carro roubado das vítimas e trocaram tiros com os militares após perseguição policial. (Foto: Divulgação/ CPE)
PublicidadePublicidade

Levado às pressas ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), o sequestrador que trocou tiros contra a Companhia de Policiamento Especializado (CPE) não resistiu aos ferimentos e teve o óbito confirmado na unidade. Ele ainda não foi identificado, mas aparenta ter entre 18 e 23 anos.

Como adiantado pelo Portal 6, o jovem e outro comparsa moravam no Residencial Copacabana e estavam sendo perseguidos em uma estrada vicinal paralela à GO-222 após sequestrarem um casal de idosos em Senador Canedo.

As vítimas foram cruelmente agredidas e tiveram um Chevrolet Agile roubado depois de serem abandonadas pelos bandidos em uma rodovia do interior do estado.

PublicidadePublicidade

Colocado em ação, o serviço de inteligência da Polícia Militar (PM) conseguiu localizar o carro e iniciar a perseguição.

Ambos tentaram fugir a pé pela mata e trocaram tiros com os agentes de segurança. O que não foi alvejado conseguiu fugir e segue foragido. Uma das armas usadas por eles, no entanto, foi encontrada e apreendida.

Segundo a PM, a dupla é a mesma que atirou contra o rosto de uma funcionária quando saíam de um motel em Goiânia.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade