PublicidadePublicidade

GIH já investiga caso de mulher encontrada morta por enforcamento em Anápolis

Ela já tinha medida protetiva contra um outro ex-marido, de 2019

Da Redação Da Redação -
Sede da Regional da Polícia Civil, em Anápolis, abriga o GIH. (Foto: Divulgação)
PublicidadePublicidade

O caso da mulher encontrada morta, com uma corda no pescoço, na Vila Santa Isabel, região Norte de Anápolis, na manhã desta segunda-feira (03), já entrou na mira da Polícia Civil.

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) esteve no local e solicitou de imediato um exame cadavérico para ajudar no esclarecimento do caso.

Quem a localizou, já sem os sinais vitais, foi uma cunhada. Essa parte quis ir na residência para saber como ela estava, uma vez que a vítima teve uma briga séria com o marido neste domingo (02).

PublicidadePublicidade

O Portal 6 apurou que a Polícia Militar chegou a ser acionada no dia anterior por vizinhos, que estavam ouvindo os gritos da mulher e o barulho de vários objetos sendo quebrados durante a discussão.

Quando a corporação esteve no local, porém, não havia mais ninguém na casa.

A reportagem descobriu que a vítima tinha uma medida protetiva contra um antigo ex-marido, de 2019, e estava em um novo relacionamento.

O corpo já foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade