PublicidadePublicidade

Policial de Anápolis é morto pela namorada em possível brincadeira com pistola

Bala acertou a testa da vítima, que morreu na hora. O GIH já investiga o caso

Da Redação Da Redação -
Grupo de Investigação de Homicídios, o GIH, é o braço da Polícia Civil para elucidar assassinatos em Anápolis. (Foto: Divulgação)

Um agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), identificado como Igor de Aquino, foi assassinado na madrugada desta terça-feira (04), em um condomínio, no Centro de Anápolis.

A Polícia Militar foi acionada para ir ao local por volta de 00h30 e encontrou a namorada dele, de 29 anos, no corredor do apartamento onde tudo aconteceu.

Quando entraram no imóvel, encontraram o policial caído no chão da sala, com um disparo de arma de fogo na testa. A arma utilizada tinha a marca da PRF e estava jogada em um sofá.

PublicidadePublicidade

O Portal 6 apurou que a companheira foi encaminhada à Central de Flagrantes e revelou que os dois tinham o costume de fazer brincadeiras com a pistola. Nesta noite, em especial, Igor teria tirado as munições e pedido para que a namorada apertasse o gatilho.

Vizinhos se assustaram com o barulho e ouviram a moça chorar. Ela alega ter tentado socorrê-lo, mas como não havia mais como salvá-lo, apenas aguardou a chegada das viaturas.

O caso foi registrado como homicídio simples e deve ser investigado pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade