PublicidadePublicidade

Nome da mãe e do bebê carbonizado estavam na pulseirinha

Polícia Civil, que já prendeu a jovem, tem imagens da ação

Avatar Danilo Boaventura -
Sede da Regional da Polícia Civil, em Anápolis, abriga o GIH. (Foto: Divulgação)

O GIH deve fazer ainda nesta quarta-feira (12) uma coletiva de imprensa para apresentar detalhes sobre o caso de um recém-nascido encontrado morto durante a manhã, no Jardim das Cerejeiras.

A criança, que nasceu no último dia 06, ainda estava com a pulseirinha da maternidade.

O nome da vítima, e da mãe, uma jovem de aproximadamente 25 anos, também constavam na fita.

PublicidadePublicidade

A Polícia Civil, que já prendeu a mulher, tem imagens de câmera de segurança que flagraram a ação.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade